Links Cabeçalho

24/02/2011

Novo Trailer de Skyrim Exibe Cenas do Jogo [UPDATE]

As coisas andam agitadas ultimamente, hein? Já vamos para o quarto post em uma única semana. Mas certos eventos não podem simplesmente passar em branco. Confira abaixo o novo trailer de Skyrim, o mais recente capítulo da série Elder Scrolls, dessa vez trazendo cenas do jogo. Fiquei bem mais impressionado do que estava com os screenshots anteriormente liberados. Nada de muito revolucionário, claro, mas os cenários estão bem mais bonitos e dramáticos do que em Oblivion, e as animações parece que finalmente melhoraram! Muito legal o visual das nuvens se acumulando naturalmente contra as montanhas, um dos vários efeitos atmosféricos realísticos prometidos pelo título.

E São Asimov é testemunha que eu precisava ver algo belo (e livre de amarras), depois dos gráficos horrorosos (e dos corredores virtuais) de Dragon Age 2 (confira aqui).

23/02/2011

O Demo de Dragon Age 2: Confirmando Sombrias Previsões

Isso nós também queremos saber, Flemeth (clique nas imagens para ampliar)

Há algumas semanas, fiz um post sardônico sobre como os jogos da Bioware estão se tornando parecidos com JRPGs. Mas, até então, eu realmente não achava que os meus piores temores se tornariam realidade. Sei lá, uma fé cega na competência da desenvolvedora canadense. Depois de baixar e jogar uma boa parte do demo de Dragon Age 2, o alerta vermelho disparou. Agora é oficial: estou preocupado MESMO.

Senão vejamos:

21/02/2011

Os Games, como mídia, amadureceram. E os Gamers?


A cena vocês provavelmente já conhecem. O pirralho está lá na água, brincando alegremente com os coleguinhas. Esperneia daqui, ajeita as boias acolá, enfia o dedo no olho do amiguinho (tá, essa eu inventei), o sol brilha quente no céu, as gaivotas voam, os passarinhos cantam. Ninguém percebe que toda essa vadiagem (eu disse vadiagem) está prestes a acabar. Tã-râ... tã-rã... tan-tan-tan-tan-tantatantanTANTANTANTAN... iiaaaiaiaAaAaAARrRGH! Quanto o povo percebe, já é tarde demais. O gigantesco tubarão, que todos julgavam distante, resolve aparecer para um lanchinho. É o fim do inocente moleque.

A sequência descrita acima é uma das mais fortes de Tubarão, o grande sucesso de crítica e de público de Steven Spielberg. Ela é chocante, sem dúvida, mas essencial para estabelecer os termos do filme. "Agora a conversa é séria" - é a mensagem que o diretor parece nos transmitir, enquanto tira as luvas de pelica - "Acabou o tempo para brincadeirinhas". Ficaríamos dois anos sem ter coragem de pisar no mar. Maldito Spielberg.

O Incrível Trailer de Dead Island, e a Crescente Sofisticação dos Jogos Eletrônicos


(Artigo publicado originalmente no Depois do Trampo)

Há muito que os games deixaram de ser "coisa de criança", por mais que pais super zelosos e, diga-se de passagem, completamente desatualizados, insistam no contrário. Mario (o famoso mascote da Nintendo) não define a indústria de games, assim como Mickey não define a indústria do cinema. Já faz tempo que o público consumidor de jogos eletrônicos é composto, em sua maioria, por jovens adultos, e não mais por crianças e adolescentes. E perceba que estamos falando de um mercado que já superou o cinema em tamanho.

16/02/2011

Fallout: New Vegas - Uma (Atrasada) Resenha

(clique nas imagens para ampliar)

Depois de pouco mais de 100 horas de jogo, finalmente completei Fallout: New Vegas. Poderiam ter sido mais. Há quests opcionais que não foram feitas, outras tantas que não chegaram a ser descobertas, e mais algumas que ficaram inacessíveis em consequência de decisões previamente tomadas. Enfim, é um jogo massivo, perfeito para jogadores com perfil explorador, e que compensa amplamente o suado dinheirinho nele investido. Contudo, aqueles que pretendem embarcar nessa jornada devem estar preparados para uma quantidade colossal de bugs. Nenhum deles impeditivo, para meu alívio. É um atestado à qualidade da história e da jogabilidade de New Vegas que, a despeito de carregar um problema desse porte, consegue ser um jogaço. Segue a minha atrasada resenha sobre ele (para contexto e história, leia antes aqui).

10/02/2011

Dragon Age 2, o God of War da Bioware?

Alguém, por favor, dê um lencinho para o cara limpar esse nariz eternamente sujo.

Você é um veterano dos CRPGs? Então provavelmente já sabe o que fazer quando tiver que entrar em combate com sua equipe. Façamos aqui uma rápida revisão de Táticas no Campo de Batalha 101:


Compositor Clint Mansell em Mass Effect 3

[via Joystiq] Essa é sem dúvida uma ótima notícia. O talentoso compositor Clint Mansell, habitual colaborador do diretor Darren Aronofsky, está trabalhando na trilha sonora de Mass Effect 3. Mais detalhes aqui.

Para quem não conhece o trabalho do compositor, segue uma pequeníssima amostra: