Planetóide X

A Petição para Mudança do Final de Mass Effect 3: Uma Opinião (sem spoilers)

terça-feira, março 20, 2012 José Guilherme Wasner Machado 1 Comentários Categoria: , ,


Quem acompanha o universo dos games deve ter tomado conhecimento da petição para alteração do final de Mass Effect 3. Realmente não sei dizer qual a motivação: se porque o final é triste, sem alternativas, pouco esclarecedor ou simplesmente mal escrito. Não sei. Ainda não completei o jogo, e estou evitando ao máximo tomar conhecimento de spoilers. Mas o que se debate aqui não é o final em si, mas o episódio e a repercussão que ele causou.

Antes de mais nada, uma observação: este texto não se refere aos babacas que criticaram sem sequer jogar o título, ou que torpedearam o Metacritic de maneira gratuita e destrutiva. Lembro que nem todos os críticos estão nesse mesmo balaio, e podem - por que não? - ter razões genuínas para as reclamações. Do ponto de vista deles, é claro.

"Isso, roteirista de Mass Effect 3, fique parado só mais um pouquinho... só mais um pouquinho..."

Como muitos já devem ter constatado a essa altura, qualquer reação apaixonada no meio gamer desperta uma contra-reação igualmente apaixonada. Assim, não foi exatamente uma surpresa quando os defensores da petição começaram a levar tomatadas e ovos podres de todos os lados. Choveram alegações de que eles eram "um bando de garotos mimados" ou "nerds com tendências masturbatórias vivendo no porão da casa dos pais", além de outros adjetivos ainda menos lisonjeiros e que iam muito além do mero debate de idéias. Falácia de desqualificação do interlocutor: até quando?

É aqui que se constata, mais uma vez, a falta de maturidade da mídia e, principalmente, dos próprios jogadores. Acho extremamente salutar um ambiente democrático, onde os fãs possam expressar suas opiniões embasadas, positivas ou negativas, e até mesmo agir pro-ativamente para tentar melhorar (novamente, do seu ponto de vista) o jogo que tanto amam. Isso só traz benefícios para a indústria que, através desses feedbacks, pode aperfeiçoar seus títulos e torná-los atraentes para um público ainda maior.

Ninguém reclamou da mudança de final de Fallout 3. Tampouco do jogo poder ser alterado à vontade.

Em mídias mais experientes que a dos jogos eletrônicos, avaliar a reação do público é prática rotineira. No cinema, por exemplo, são famosas as sessões de teste, em que um filme é exibido para um público restrito, antes de sua estréia. De acordo com os comportamentos observados e por meio de questionários respondidos pelos espectadores, não é incomum que um filme sofra correções de rumo e - vejam só! - até  alterações drásticas no seu final. Claro que em filmes autorais ou de arte isso não ocorre tanto (ainda bem), mas em blockbusters milionários isso é quase  uma norma, haja vista os prejuízos que podem decorrer de uma recepção desastrosa. E vocês acham que Mass Effect está mais para um Guerra nas Estrelas ou para um Tomates Verdes Fritos? Para Starship Troopers ou para 2001, Uma Odisséia no Espaço? Pois é. Não é acidental que a Bioware esteja prestando MUITA atenção no que o público está dizendo.

Também não é incomum que finais sejam modificados por razões muito bem justificadas. Nem sempre o final de uma obra está no mesmo nível do seu restante. Isso pode ocorrer por mera incompetência, ou por prazos e orçamentos apertados, ou ainda por razões comerciais. Vejam o caso de Blade Runner, por exemplo. O final original havia sido claramente uma imposição comercial, e destoava completamente do restante do filme. Daí ser objeto de várias reclamações por parte de um número considerável de cinéfilos - os "core-gamers" da sétima arte. A diferença é que, por ser uma mídia mais madura, essas críticas não tiveram a mesma reação despropositada que hoje assistimos contra os "haters" (?) do final de Mass Effect 3. Para encurtar a história, muitos anos depois, Ridley Scott refez partes de Blade Runner de acordo com seu desejo original, e isso incluía eliminar o final indesejado. O resultado foi um filme melhor. Moral da história: nem sempre mudar um final torna algo pior ou menos fiel ao desejo do autor. Vale notar que o final exibido originalmente nos cinemas também está disponível para o público, de forma que agora todos estão felizes.

Blade Runner demonstra que "críticos de finais" não estão necessariamente errados. Nem todo crítico é hater.

Acho que a indústria de games pode tirar valiosas lições de toda a controvérsia que cerca o final de Mass Effect 3, no que ela tem de construtivo. A Bioware certamente parece valorizar tais reações do público, no que faz muito bem. Algumas empresas já deram um passo ainda maior, permitindo que seus jogos sejam amplamente modificados pelos próprios usuários, e daí adaptados aos seus desejos e estilos pessoais. É o caso, por exemplo, dos títulos da Bethesda. E é justamente aí que percebemos a grande vantagem dos games sobre as demais mídias: a sua incomparável adaptabilidade. Hoje, pela primeira vez, existem condições de agradar gregos E troianos. E sem necessariamente abrir mão da qualidade. Quem souber explorar esse handicap, em vez de simplesmente tentar mimetizar as mídias mais antigas e tradicionais, irá ganhar muito dinheiro. E considerando os custos crescentes dos títulos AAA, isso talvez seja uma mera questão de sobrevivência.

Veja Também

OUTROS POSTS

1 comentários

  1. "Quem acompanha o universo dos games deve ter tomado conhecimento da petição para alteração do final de Mass Effect 3. Realmente não sei dizer qual a motivação: se porque o final é triste, sem alternativas, pouco esclarecedor ou simplesmente mal escrito".

    Basicamente todos os motivos citados acimas contribuiram para a "shitstorm",embora nem sempre o conjunto de fatores esteja interligado. Depende do critico e fanboy em questão!

    1- Final triste- esse foi crucial para os fanboys e fangirls

    2-Sem alternativas- Como final de uma trilogia,a ilusão de escolha dos jogos anteriores caio por terra e finalmente os fanboys perceberam que tudo se tratava de uma ilusão!

    3-Pouco esclarecedor e Mal escrito: As duas coisas se complementam,embora a serie em si não é nenhum paradigma de literatura sci-fi,muito pelo contrario! Mass Effect como história(ouso dizer gameplay também) é bastante irregular!Mas como Gamers não são muito exigentes eles elevam a história de ME a um pedestal que a série não merece!

    ResponderExcluir

Por favor, fique à vontade para comentar, criticar ou sugerir. Mas não será permitido trolling, bullying, spam, preconceito e ataques meramente pessoais ou destrutivos.