Links Cabeçalho

19/07/2013

Baldur's Gate: Enhanced Edition para Ipad - Uma Análise (Parte 3)


A chegada de Baldur's Gate (1998) ao iPad foi a realização de um antigo sonho. Para mim, a iniciativa da Overhaul Games de atualizar o inesquecível RPG da Bioware já mereceria aplausos só por conta desse port. Mas não dá ignorar que a versão para PC (sua plataforma original) deixou muito a desejar. Sem trazer maiores inovações, BGEE (Baldur's Gate Enhanced Edition) perdeu muito do seu possível apelo e, consequentemente, do mercado potencial que alcançaria com um pouco mais de esforço, de tempo e de dinheiro. A seguir, algumas idéias que, a meu ver, tornariam o jogo bem mais digno do título "Enhanced", mas sem extrapolar demais as capacidades financeiras e logísticas de uma desenvolvedora de pequeno porte. Vamos lá?

19/06/2013

Baldur's Gate: Enhanced Edition para Ipad - Uma Análise (Parte 2)


"Camaraderie, adventure and steel on steel. The stuff of legend! Right, Boo?"

Prossigo aqui a análise sobre Baldur's Gate: Enhanced Edtion (BGEE) para iPad. Quem se interessar em ler a primeira parte, que faz uma breve introdução ao jogo, pode clicar aqui.

Quando BGEE foi finalmente lançado, após meses e meses de ansiosa espera, o resultado não foi exatamente o esperado. A maior parte das resenhas sobre a versão PC foi morna, na melhor das hipóteses. E não sem razão. O fato é que BGEE para PC pouco acrescentou ao que existia antes. Muitos dos seus avanços já haviam sido implementados no jogo original através de MODs, criados por fãs talentosos e dedicados. Inclusive a correção da maioria dos bugs até então identificados. O conteúdo extra acrescentado pela Overhaul Games poderia fazer alguma diferença, mas também está longe de ser essencial e é facilmente eclipsado por outros tantos MODs com novas missões e personagens.

31/05/2013

Alterando o retrato do seu personagem em Baldur's Gate: Enhanced Edition para iPad


Entre os diversos aprimoramentos que Baldur's Gate: Enhanced Edition deveria ter tido em relação ao jogo original está a possibilidade de alterarmos o "retrato" do nosso personagem, de forma fácil e intuitiva. Afinal, não é tão complicado assim deixar o usuário escolher uma imagem no HD, selecionar determinada área e daí realizar a troca, com o programa fazendo as conversões necessárias. Mas não. Tudo tem que ser pelo caminho mais difícil. E se a coisa é complicada na versão PC, para iPad nem se fala.

Por sorte,o processo é longo, mas perfeitamente possível de se fazer, como você poderá conferir neste pequeno tutorial. Que também serve para fazer modificações nas estatísticas e proficiências do seu personagem, diga-se de passagem. Boa sorte. Vai precisar.

(obs: faça as modificações por sua própria conta e risco. Não me responsabilizo por qualquer problema, ok?)

27/05/2013

Baldur's Gate: Enhanced Edition para Ipad - Uma Análise (Parte 1)


Como vocês que acompanham este blog sabem - se é que sobrou alguém depois de tanto tempo de inatividade - há muito sonho com a chance de ver RPGs old school em dispositivos do tipo tablet. Por isso, quando soube que uma das minhas séries preferidas, Baldur's Gate, receberia uma recauchutada e seria adaptada para o iPad, não poderia ficar mais feliz (uma versão para tablets Android também está em andamento, mas ainda não foi lançada). Mas, no final das contas, essa nova versão ficou à altura das expectativas? E como foi retornar a Baldur's Gate quase quinze anos após o seu lançamento? Terá o jogo envelhecido bem?

Veremos.

(obs: as imagens deste post foram capturadas diretamente do port de Baldur's Gate Enhanced Edition para iPad e redimensionadas de 2048 x 1536 para 1600 x 1200 pixels)